Oblivion

Vídeo que apresentei no 7º SEPEX / II Intertela. O título do vídeo e das três seções fazem referência ao livro Oblivion, do escritor americano David Foster Wallace e principalmente à história Good Old Neon, que apresenta um solipsismo exacerbado do narrador da história através de um percurso que contesta a captação de uma realidade que é arbitrariamente mensurada através do desencadeamento temporal e da limitação da língua.


Oblivion from Ciberarte on Vimeo.

INTERTELA: mostra de videopoemas

A partir de pesquisas desenvolvidas no NELOOL (Nucleo de Literatura, Oralidade e Outras Linguagens) na área das oralidades midiáticas, o grupo de pesquisadores abaixo relacionados começou a pensar um modo de criar uma prática artística híbrida com a poesia e a imagem.

O que é intertela? A entretela ou intertela é parte do vestuário. Esse aviamento técnico cuja estrutura e acabamento determinam o resultado final de uma peça confeccionada passa a ser o mote para uma proposta artística. Do adereço à arte híbrida, a idéia é mostrar a literatura em movimento que cria novos gêneros no encontro entre imagem, palavra e som. De que modo esses signos podem ser reunidos em um bem simbólico? As linguagens podem ser costuráveis; fusionáveis ou há algum entrelugar entre a criação e a recepção em que essas práticas recentes podem ser lidas com arrebatamento ou olhar crítico?

O INTERTELA nasceu no ano de 2007, em diálogos entre o NELOOL (Núcleo de Literatura, Oralidade e Outras Linguagens) e o LEC (Laboratório de Estudos de Cinema), a partir de um desejo de experimentar esses limites.

O grupo formado por Alai Diniz, Henrique Finco, Daniela Bunn, Aline Maciel, Aglair Bernardo e Aline Quites, ganhou a adesão de 22 videopoetas que se apresentaram a uma platéia de 56 pessoas, no dia 30 de novembro no CIC.

Não queremos parar agora e por isso convidamos os poetas a testarem essa alternativa para exporem suas obras e para enriquecermos a discussão sobre essa viagem intersemiótica.

Achamos que o SEPEX poderia encampar nosso desejo.

Que tal inscrever seu videopoema?

Faça-o diretamente no NELOOL (CCE/ B sala 419) até o dia 22 de outubro de 2008 ou na secretaria do SEPEX.

O videopoema deve estar em Formato AVI;
Duração: até cinco minutos;
O nome dos autores devem estar claramente indicados na capa e no DVD.

Maiores informações: mostra.intertela@gmail.com

Um abraço à todos,
A Comissão