Memórias

Meus amigos conhecem meu comportamento, sabem que prezo pela verdade dos fatos, minha visão, meu ponto de vista. Sabem que meu encantamento pela anatomia da existência, pelo farfalhar das folhas e pela comunicação entre os insetos é mais do que um hobby pueril, um passatempo para adolecentes. Enquanto escrevo este relato posso sentir os efeitos do oxigênio que respirei há poucos instantes e que deve chegar ao ápice do seu efeito em vinte ou trinta minutos. Até lá a minha percepção poderá se alterar e algum detalhe do meu relato poderá ficar irremediavelmente deturpado. É uma anestesia contínua, diária, que devora minha vontade há anos. Felizmente escrevo isso de um ponto futuro, amarro os fatos, combino as palavras, me esmero na capacidade de reabilitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *