Em busca da organização

BoxesEu”despubliquei” este artigo temporariamente, para poder dar uma geral, aparar algumas arestas e acrescentar novos desvios milimetricamente calculados. Se você chegou aqui procurando por ele, sinta-se a vontade para fuçar meus outros textos e volte daqui a alguns dias, quando voltarei a publicar este artigo. E lembre-se: o segredo da boa macarronada está no molho!

2 comentários sobre “Em busca da organização

  1. Idem, idem, idem. que raios me identificar com classificações intermináveis! Ok. Confesso. Fiz algo do qual quase me envergonho: comprei o livro ORGANIZE-SE (Donna Smallin, Editora Gente). Ali traz trocentas dicas de como, adivinha: organizar-se! Mas, até que eu o termine de vez, o livro se transformou em mais um íntem a ser ticado numa das listinhas pré-organizacionais que continuo mantendo, quase que religiosamente. na boa? até acho legal essa pseudo-rebeldia-anti-organizações-perfeitas, ja nao me recrimino como desorganizada, mas sim despreendida… (será que cola?)

  2. Oi Lia, seja bem vinda! Eu acho que vou morrer desorganizado, não adianta, não tem solução. Essa coisa de horários, compromissos, prioridades, ahhhhhhh. E os papéis vão se acumulando, sem solução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *