Ferramentas administrativas

Nos últimos dias tenho pesquisado bastante sobre ferramentas de administração, de blogs e CMS (content management system), como são chamados. Existem ótimas ferramentas de administração de conteúdo de código aberto na Internet, para todos os gostos e necessidades. Vou falar um pouco a respeito das que eu estou pesquisando. Começo por uma ferramenta velha conhecida dos bloggeiros, que acabou afugentando seus fieis usuários e colaboradores depois que passou a cobrar pelo seu uso..

mtMovable Type: MT era a ferramenta que eu utilizava antes, quando era gratuita. Naquela época era uma das mais populares e uma das únicas que possibilitava a publicação de múltiplos blogs com apenas uma instalação e um banco de dados MySQL ou Postgress, fácil de utilizar, com um bom layout da área de admin, facilidade de cadastrar autores e novos blogs. Um dos pontos negativos era que a ferramenta criava arquivos estáticos no servidor, ao invés de criar os arquivos dinamicamente, o que a maioria das ferramentas faz hoje em dia. Outro ponto negativo, na minha opinião, era o fato da ferramenta ser escrita em Perl, precisando assim rodar no diretório CGI-BIN, o que tornava sua instalação um pouco mais complicada do que o usual. Quase a totalidade das ferramentas atuais utiliza a combinação PHPMySQL para funcionar. O PHP é uma linguagem muito mais popular e flexível, além de ter um suporte muito melhor.

wpWordPress: Depois que o pessoal da MT passou a cobrar pelo seu sistema de blog, houve uma migração em massa para outras ferramentas que começavam a surgir, e se aperfeiçoar. O grande diferencial dessas ferramentas é que a maioria é distribuída dentro da licença GNU de código aberto. WordPress é uma ferramenta baseada na sua antecessora B2. É rápida e fácil de instalar, conta com uma série de vantagens sobre as outras, como a maior comunidade, o maior número de plugins e templates. A facilidade para instalar estes dois últimos itens é incrível. Depois que você faz o upload de algum plugin ou template para o servidor, basta visitar a devida área do admin e ativar ou desativar o item, com apenas um clic. Para o usuário leigo, que não entende de programação, este recurso é um sonho. Mas como nada é perfeito, o WordPress também tem suas limitações. A maior delas na minha opinião é a impossibilidade de Múltiplos blogs com apenas uma instalação. Para este recurso existe o WordPress MU que é um pouco mais complicado para instalar, requer alguns conhecimentos técnicos adicionais e mais alguns recursos adicionais no servidor onde você pretende instalar seus blogs. No entanto, ao contrário do que eu pensei antes de instalar o WPMU em meu servidor, ele não trabalha com os mesmos arquivos em seu banco de dados. Para cada novo blog adicionado, um novo conjunto de tabelas é criada no MySQL, o que acaba povoando demais o seu banco de dados, além de dificultar as buscas gerais por não integrar todos os dados em apenas um grupo de tabelas. Caso sua intenção seja a de fazer um apenas um blog, incluindo ai galeria de imagens mais alguns adendos, a opção certa é o WordPress.

TPTextPattern: Outra ferramenta que recebeu os usuários afugentados pela MT foi a TextPattern. Seus autores afirmam que a ferramenta é mais um CMS do que uma ferramenta de blog. Assim como o WP, também é escrito em PHP, utilizando MySQL como banco de dados. Sua área administrativa é charmosa, com um design clean e acesso as seções através de abas. Após instalação inicial, que é quase tão fácil quanto o WP, permite o upload não só de imagens, como de outros arquivos como DOCs e PDFs, sem a necessidade de plugins adicionais, que são um pouquinho mais complicados para instalar. Um grande ponto negativo do TP, que espanta os usuário mais leigos, é a dificuldade para instalar novos templates. Ao contrário do WP, no TP o usuário precisará trabalhar diretamente no código, que deve ser editado em campos na área administrativa com o uso de tags próprias. A comunidade o TP também é bem menor, oferecendo menos plugins e templates. Apesar de ainda precisar analisar com mais cuidado a ferramenta, posso falar com segurança que o WP ganha disparado do TP em termos de facilidade de uso e instalação. Ah sim, infelizmente também não oferece a possibilidade de múltiplos blog com apenas uma instalação, mas assim como o WP, você pode fazer várias instalações em diretórios diferentes e simplesmente mudar o prefixo das tabelas no MySQL.

mamboMambo: O Mambo Server é um poderoso administrador de conteúdo (CMS) e conta não apenas com blog, mas também com módulos para instalação de forums, enquetes, calendários e muitas outras funcionalidades, que vem junto com o pacote oficial ou são desenvolvidos por terceiros e podem ser instalados rapidamente através da área administrativa. O Mambo é muito mais do que um administrador de blog e pode ser usado para administrar um grande site ou até mesmo um portal. Assim como outras ferramentas de blog e CMS existem vários templates e módulos para baixar na rede, além de uma forte comunidade, até mesmo em português, onde você pode tirar suas dúvidas e buscar suporte. Os problemas começam quando você busca fugir da estrutura básica de navegação oferecida pelo Mambo, quando você deseja, por exemplo, criar um blog individual para cada usuário, com notícias apenas dele, onde ele possa administrar facilmente. Então as complicações começam e a área de admin se mostra mais obscura e labiríntica do que parecia a princípio. Você terá grandes dores de cabeça antes de deixá-lo como você quer e precisará ser um usuário avançado para tirar de letras as complicações. Mas se você tiver tempo e paciência e um bom conhecimento técnico, esta é a melhor solução.

Ainda estou em um estágio inicial de análise destas três ferramentas, tenho elas instaladas em diferentes servidores e continuo testando as mesmas. À medida que eu for aprendendo mais sobre elas, irei atualizando este post. Além disso pretendo testar algumas outras ferramentas à medida que o tempo me permitir.

matrixPara saber mais sobre o assunto e escolher a ferramenta certa para a sua necessidade, visite o CMS Matrix, um ótimo site com artigos e comparações entre as principais ferramentas CMS do mercado.

Outro ótimo recurso que poderá ajudar no processo de escolha da ferramenta ideal para blog ou CMS é o OpenSourceCMS, lá você poderá testar a área administrativa de várias ferramentas de código aberto.

1.000.000 Pixels

Depois do estadunidense que resolveu vender espaço publicitário em sua testa para pagar seus estudos, surge um novo candidato aos 5 minutos de fama na Internet. Dessa vez o Inglês Alex Tew resolveu alugar espaço publicitário em pequenos anúncios compostos de poucos pixels. Os pequenos anúncios aparecem espalhados em um grande bloco de 1.000×1.000 pixels em sua páginas e ainda há bastante espaço livre, se alguém tiver interesse. Sua intenção é fazer a bagatela de 1.000.000 de dólares e para está vendendo capa pixels por 1 dólar.

Leia mais no site da BBC.