Conhecimento não se compra…

…se toma!
A luta contra os sites de divulgação de arquivos compartilhados e tecnologias associadas está longe de chegar a um fim. Com ações extremas, mas nem um pouco surpreendentes, portais P2P estão sendo fechados pelo mundo afora e seus administradores indiciados e investigados. Primeiro foi o Elitetorrents, site de divulgação de links BitTorrent, fechado pelo Federal Bureau of Investigation. Agora, o novo alvo dos empregados dos empresários endinheirados foi o administrador do Sharereactor, um portal de divulgação de links eDonkey. A indústria de entretenimento ainda não percebeu, ou é tacanha demais para compreender que:

1 – A tendência é a livre distribuição de arquivos aumentar cada vez mais, não importa o quanto eles tentem barrar e controlar;
2 – As leis de copyright estão ultrapassadas a muitos anos e merecem uma reforma global urgente;
3 – O cálculo de prejuízos feitos pelo engravatados milionários (quantas vezes um arquivo foi baixado / quantas vezes uma pessoa não pagou para consumir o produto) está completamente furado. Pesquisas mostram que o consumo de produtos de arte / entretenimento / software tem aumentado em ordem proporcional a distribuição livre (prefiro chamar de distribuição livre, pirataria é o comércio ilegal de material com direitos autorais, o que não concordo). O que seria da Microsoft hoje em dia se não fosse a livre distribuição? Se não fosse a Internet e a distribuição de arquivos, a divulgação desses produtos seria muito menor e conseqüentemente o seu consumo.
4 – Conhecimento não se compra! Se toma e se compartilha!.

Vida longa à Internet e a livre troca de conhecimento.